[Revista PnP] Micro fica reinicializando no horário de pico do consumo de energia elétrica da cidade 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   CDs e DVDs  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Cursos e eventos  
Google

Você está aqui: Indeterminado
Artigo

Micro fica reinicializando no horário de pico do consumo de energia elétrica da cidade

Questão colocada pelo leitor

Sou técnico em hardware, tenho toda a coleção da Revista PnP, mas não tenho experiência com fontes. Possuo um PC com fonte AT de 300W que em determinadas horas do dia como, por exemplo, às 7 horas da noite quando a tensão da rede elétrica cai devido ao horário de pico, o computador não funciona. Simplesmente reinicializa continuamente, nem chega a aparecer nada na tela. É necessário trocar a fonte por uma de 250W ou a simples substituição por outra de 300W resolverá o problema?


Nossa respostaA primeira providência é verificar se a chave seletora de voltagens está em 110V (supondo que esta seja a tensão na sua rede elétrica). Parece óbvio, mas mesmo técnicos experientes às vezes se esquecem deste detalhe e, caso a fonte funcione, os sintomas apresentados serão exatamente os relatados. Se o seletor estiver na posição correta, é conveniente verificar a rede elétrica: o ideal é ter um circuito só para os computadores e periféricos, diretamente do quadro de distribuição de luz. Independentemente disto, reveja toda a instalação elétrica desde a entrada de força até a tomada em que o micro está ligado. Todos os condutores devem estar em bom estado, todos os terminais devem estar livres de oxidação e com os parafusos muito bem apertados. Você deve verificar com um voltímetro a tensão elétrica que chega à entrada de força do prédio no horário de pico, se estiver abaixo de 95V deve ser feita uma reclamação para a concessionária. Se nada disto resolver, a fonte estará com problemas e deve ser substituída. O fato da fonte ser de 250 ou 300 W é muito relativo, o que realmente é preciso verificar é a corrente consumida em cada uma das saídas e o quanto a fonte pode fornecer em cada uma delas. Em geral, fontes de 250 W porém de boa qualidade são melhores do que fontes de 300 W de qualidade duvidosa.

Réplica do leitor – fiz as verificações sugeridas, depois troquei a fonte de 300W por uma outra de 250W, e o problema foi resolvido. Obrigado!


Publicado em 30/07/2009 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.