[Revista PnP] Pentes de memória RAM estão bons, mas dão erro quando ligados juntos 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   CDs e DVDs  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Cursos e eventos  
Google

Você está aqui: Indeterminado
Artigo

Pentes de memória RAM estão bons, mas dão erro quando ligados juntos

Questão colocada pelo leitor


Nos últimos dias venho enfrentando um problema no meu PC que não consigo solução. O micro não inicia quando tento colocar mais um pente de memória (2 GB DDR2-800) na placa-mãe para aumentar a memória RAM para 4 GB. Quando começa a carregar o Windows o micro reinicia automaticamente e/ou exibe a famosa “tela azul de erro” do Windows. Já fiz todos os testes possíveis, testei cada pente separadamente e em cada um dos slots e funcionaram perfeitamente. Atualizei todos os drives do micro, atualizei a BIOS da placa mãe, mas não consigo fazer funcionar com os 2 pentes de memória juntos.

A configuração do meu computador é a seguinte: processador Intel Core2 Quad Q6600 2.40 GHz 2 GB RAM DDR2-800, placa-mãe Intel DG31PR, placa de vídeo GeForce 8600GT, sistema operacional Windows 7 Ultimate 64.

O que mais posso fazer para resolver esse problema? Obrigado e um abraço pra todos da Revista.


Nossa respostaA especificação de um pente de memória RAM não se resume ao tipo (DDR, DDR2, DDR3) e à freqüência de trabalho no barramento (no caso, 800 MHz). Existem muitos outros parâmetros como slew rate, refresh rate e tensão de trabalho, entre outros. Na verdade, chips de memória são peças de hardware notáveis, cuja fabricação é bem difícil devido à enorme precisão, à sensibilidade dos componentes e à necessidade deles funcionarem em conjunto com diversos tipos de outros componentes de hardware.

Com tanta complexidade, para que seus chips funcionem com o hardware que está disponível no mercado os fabricantes de memória precisam ter longas conversas com os fabricantes de chipsets e com aqueles que fazem as motherboards. Por sua vez, os fabricantes das placas-mãe fazem um grande esforço para que seus produtos aceitem a maior parte possível dos chips de memória, fazem verdadeiros malabarismos técnicos para que tudo corra bem.

O caso relatado do leitor é um caso clássico de memórias “compatíveis com o hardware, mas não entre si”. Conforme o teste o demonstrou, cada uma das memórias está em bom estado, mas quando são colocadas em conjunto o chipset da placa-mãe não consegue ajustar os parâmetros para que ambas funcionem em conjunto. Surgem daí as telas de erro do Windows, que é muito sensível à erros nas memórias RAM, em especial no momento da inicialização.

Assim, o que o leitor precisa fazer é pedir para o lojista trocar o pente de memória recém-adquirido por um outro, de uma outra série do mesmo modelo, por um outro modelo do mesmo fabricante ou por um pente inteiramente novo, de outro modelo e outro fabricante. Algumas lojas de material de informática se recusam a fazer este tipo de troca, alegando que o material está em perfeito estado e por isto não são obrigadas a trocar, mas as lojas realmente boas conhecem este problema e fazem a troca numa boa. As melhores, inclusive, se propõem a instalar o pente no micro do cliente, pois assim podem ir testando vários modelos até encontrar um que se amolde perfeitamente no micro que está em uso. O importante é o consumidor sair satisfeito, pois este vai certamente voltar ao estabelecimento.

Esta incompatibilidade das memórias RAM é o maior motivo pelo qual muita gente acaba se prejudicando, ao não querer pagar um técnico para fazer upgrade em seu micro. Muita gente — e coloca “muita” nisto — acha que os profissionais cobram muito caro só para “espetar um chip” no computador. Com este pensamento, resolvem ir até uma loja de componentes de informática comprar um pente de memória para expandir a capacidade de seus computadores, mas acabam ficando surpresos quando o pente novinho em folha não funciona a contento em suas máquinas. Quando o produto foi comprado fora da sua cidade de residência, então, o prejuízo é certo pois não têm como retornar ao local para trocar o componente, até porque as lojas que vendem assim, para o público em geral, não costumam fazer troca de material em bom estado, como explicamos acima...


Publicado em 26/01/2011 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.