[Revista PnP] Qual é a freqüência máxima que uma memória RAM trabalha? 
Login: 
Senha:   
Fazer cadastro conosco

Home   Edições impressas  
Edições digitais   CDs e DVDs  
Dicas técnicas   Como comprar  
Quer colaborar?   Sugira uma matéria  
Boletins   Como é feita a Revista PnP?  
Fale conosco   Serviços ao cliente  
Erratas   Sobre a Revista PnP...  
Perguntas mais frequentes (FAQ)  
Cursos e eventos  
Google

Você está aqui: Indeterminado
Artigo

Qual é a freqüência máxima que uma memória RAM trabalha?

Questão colocada pelo leitor


Estou configurando uma máquina para ser usada em edição de videos AVCHD e me deparei com uma informação do montador que está me confundindo, gostaria da ajuda de vocês para esclarecer.

Especifiquei para a memória RAM 3 memórias Kingston PC HyperX blu 2 GB DDR3-1600 PC3-12800 CL9 (KHX1600C9D3B1/2G) perfazendo 6 GB de capacidade, para ser usada numa placa mãe Asus X58 Rampage III Extreme com um processador Intel Core I7 875k 2.93GHz Quad-Core LGA 1156 Box.

Segundo o montador eu estaria desperdiçando dinheiro, visto que se eu não fizer um overclock no BIOS esta velocidade de 1600 MHz não será utilizada, porque segundo ele qualquer placa mãe só utiliza até 1333 MHz de velocidade e que seria melhor eu comprar uma memória só com essa velocidade de 1333 MHz.

Isto é verdade?


Nossa respostaNeste caso caso em particular o processador escolhido vai até uma velocidade externa de 1.333 MHz, ou seja, as memórias que você irá comprar são mais “velozes” do que o necessário. No caso, o clock de 1333 MHz diz respeito ao clock máximo das memórias em que estas vão “falar” com o processador.

Queremos lembrar que também não é interessante misturar módulos de diferentes velocidades e/ou de fabricantes diversos, mas não chega a ser um desperdício comprar memórias mais rápidas que o necessário no momento porque esses módulos vão servir em casos de upgrade de processador e memória, é para isso que os bons fabricantes fazem esses módulos topo de linha.

Além disso, o leitor pode continuar com eles para ficar com um conjunto de PC mais “redondo” (porque as memórias vão operar com folga) ou então optar por alguma memória mais barata, desde que seja de fabricantes de renome, como Kingston, OCZ, Corsair entre outros.





Publicado em 26/11/2010 às 00:00 hs


Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato
Enviar para amigo Assinar newsletter Entre em contato

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Login:
Senha:
  • Se você já se cadastrou no site, basta fornecer seu nome e senha.
  • Caso ainda não tenha se cadastrado basta clicar aqui.


 

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM COLABORADOR!

Colabore com nosso site, contribua para o desenvolvimento da informática e, de quebra, aumente seu currículo e promova sua empresa!
É simples:
  • Se você é uma pessoa física e deseja colaborar com notícias, artigos e sugestões, veja a seção Quero colaborar
  • Caso tenha uma empresa do setor e quer divulgá-la junto aos nossos visitantes, veja a seção Anuncie
  • Caso sua empresa faça Assessoria de Imprensa para um ou mais clientes, você pode mandar os releases para nossos repórteres e teremos a maior satisfação divulgar as notícias neste espaço.
  • Se você é um órgão de imprensa, contate-nos em imprensa@luzes.org e conheça as várias maneiras para interagir com nosso site e nossos visitantes.

Tel (11) 3483-9868
Fax (11) 2368-4666
Email: leitor@revistapnp.com.br
  • Por favor entre em contato para qualquer dúvida, imprecisão do conteúdo ou informação indevidamente divulgada.
  • Os artigos e demais informações assinadas são de integral responsabilidade de seus autores.
  • O conteúdo deste site está protegido pelo Acordo Internacional da Creative Commons.
  • Os produtos e serviços de terceiros aqui divulgados são de inteira responsabilidade de seus anunciantes.
  • Nosso nome, logomarca e demais sinalizações estão protegidas na forma da lei.